Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Acácio Pereira

Burquíni e civilização

Em França a polémica do burquíni, uma deriva de biquíni em jeito de burka, tem decorrido de forma redutora.

Acácio Pereira 29 de Agosto de 2016 às 01:45
Em França a polémica do burquíni, uma deriva de biquíni em jeito de burka, tem decorrido de forma redutora, limitando-se à discussão da argumentação legal e da liberdade individual ou religiosa de quem pretende vestir-se ou despir-se, consoante o lado da barricada onde está.

Ora, para uma correta discussão deste tema é necessário direcionar o enfoque para a questão central. O que está em causa é uma questão civilizacional, a manutenção da civilização ocidental e europeia tal como a conhecemos e vivemos, assente nos valores da liberdade, da igualdade e da tolerância, onde a aculturação seja possível no respeito por todos e, ponto central, pelos valores atrás mencionados.

Não esqueçamos que as razões que estão na origem desta indumentária se prendem com restrições religiosas impostas à mulher, e só à mulher, que a diminuem enquanto pessoa e enquanto cidadã.

A discussão, portanto, não é sobre o uso ou a proibição do uso do burquíni. É sobre a imposição do seu uso às mulheres por uma ideologia (religiosa) que atenta contra a liberdade individual e a liberdade coletiva de todos os europeus, condicionando-a a uma ortodoxia intolerável.
França religião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)