Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Acácio Pereira

Cumprir Schengen

O regime já prevê medidas para osperigos em causa.

Acácio Pereira 19 de Janeiro de 2015 às 00:30

Os infelizes acontecimentos em França tiveram como consequência a imediata reação dos governos europeus no combate ao terrorismo islâmico praticado, não só dentro das suas fronteiras, como por cidadãos nacionais dos estados-membros da União Europeia. Como não podia deixar de ser, a questão da revisão dos Acordos de Schengen que instituíram o fim do controlo fronteiriço entre os seus signatários foi colocada na agenda política. E há quem clame por regras mais apertadas no controlo das fronteiras externas, mesmo aos cidadãos da UE, ou pela reintrodução de controlos fronteiriços no espaço comum. Ora, tal reação só se justifica por um desconhecimento dos Acordos de Schengen. Na verdade, o regime já prevê uma série de medidas compensatórias para os perigos em causa, entre os quais o reforço do controlo das fronteiras externas ou a cooperação entre os serviços de imigração na implementação de controlos pontuais nas fronteiras internas. Ou seja: antes de rever a implementação de um regime de segurança, é importante aplicá-lo na sua totalidade.

França União Europeia UE política parlamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)