Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Alexandre Pais

O Chipre e o resto

Agora que "Ramirez" só o atum, abriu-se uma nova janela: a do Renato "Sanchez".

Alexandre Pais 9 de Abril de 2016 às 01:45
António Bagão Félix é um dos melhores comentadores da TV. À quarta-feira, lá estou eu, focado na SIC Notícias, atento à sua lição feita de linguagem simples, lúcida, isenta e por vezes algo ingénua, o que só aumenta a sua aura de credibilidade.

Esta semana, o ex-ministro das Finanças e do Trabalho lamentou-se dos comunicadores (?) que dizem "no Chipre", em vez de em Chipre, e até "chipriotas", no lugar de cipriotas, o que revela que vê pouco televisão. No futebol, por exemplo, agora que desapareceu das transmissões o brasileiro Ramires, que era "Ramirez", como o atum, já abriram outra janela de afirmação, com o português Renato Sanches, saloiamente rebatizado como "Sanchez".

E no resto é o delírio total, que vai da "ovação de salva de palmas" ou do "suspeito detido vivo" à criança que "caiu inanimada no chão" ou às vítimas que "caminhavam a pé", passando pela bomba que "rebentou com violência" ou, como ainda há dias, pelo "verdadeiro arsenal de armas" neutralizado em Vila Real.

Recorrendo a um adjetivo tão do agrado dos jornalistas-google – que não fazem a mínima ideia de quem foi Dante mas que se licenciaram sabendo coisas profundas – é uma situação "dantesca", professor, uma guerra perdida, acredite.
António Bagão Félix SIC Notícias Chipre Renato Sanches Vila Real Dante
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)