Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Alfredo Leite

Labirinto americano

Trump não é a pedrada no charco do sistema político. É o pior do charco.

Alfredo Leite(alfredoleite@cmjornal.pt) 15 de Outubro de 2016 às 00:30
Os eleitores norte-americanos andam baralhados e isso está a refletir-se em titubeantes sondagens. Só numa coisa há unanimidade: Trump e Hillary são os candidatos à Casa Branca mais impopulares desde que há memória.

Apesar da verborreia destravada, Trump foi capitalizando apoios entre os que acreditavam que ele personificava o antissistema, em oposição a uma Hillary Clinton demasiado comprometida com o compadrio.

À medida que são desenterradas novas memórias de Trump, há apoiantes, companheiros relevantes de partido e financiadores a perceber que o magnata não é a prometida pedrada no charco do sistema. É o pior que o charco tem.

Só ontem apareceu mais uma queixa de assédio contra o republicano e vários cancelamentos de financiamentos, apesar de Trump continuar impávido – ainda que provavelmente menos sereno – e aparentemente indiferente aos desmoronamentos à sua volta. O que explicará para muitos, como para Obama, os receios de que seja bem mais do que uma eleição que vai estar em jogo a 8 de novembro. "É a democracia em si mesma."

É possível que tenha razão. E é por isso que muitos americanos já admitem votar no mal menor.
Trump Casa Branca Hillary Clinton política eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)