Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Magalhães

Altos e baixos no plano de Jesus

Muito do crédito do treinador do Sporting está em jogo no Bessa.

António Magalhães 9 de Dezembro de 2017 às 00:30
Jorge Jesus foi muito criticado por ter deixado de fora em Camp Nou os jogadores que poderiam ajudar o Sporting a ganhar o jogo. Foi excessivamente conservador e prudente e só arriscou tarde - acusou-se. Apesar de explicar o plano que tinha, Jesus não conseguiu convencer os críticos. A derrota anulou os argumentos do treinador e reforçou os daqueles que contestaram a opção.

Tenho duas convicções: uma, que só por milagre o Sporting conseguiria o apuramento; duas, arriscando, o leão ficaria mais exposto ao poder do Barcelona e aquilo que foi capaz de ir adiando (os golos do adversário) aconteceria mais cedo.  Independentemente das teorias, uma coisa é certa: nesta discussão, Jesus só sairá vitorioso se o Sporting ganhar no Bessa. Diz a sabedoria dos treinadores que ninguém pode jogar dois jogos num só. Isto é, não é permitido, ou  aconselhável, disputar um desafio pensando no seguinte.

Esse é um princípio muito bonito, mas trata-se de uma grande falácia. Não é difícil dar exemplos, por muito que não sejam publicamente reconhecidos pelos técnicos porque colidem com fatores motivacionais. Mas a verdade é que o que Jesus fez em Barcelona foi pensar também no encontro desta noite. Se sair do Bessa com uma vitória, fez a leitura perfeita dos acontecimentos e a gestão correta da equipa. Caso contrário, fica com o ónus de ter abdicado de lutar por um sonho e acabar por sofrer um pesadelo. Hoje, Jesus joga muito do seu crédito como treinador.

Encarnados de… vergonha

O Benfica foi a única das 32 equipas presentes na fase de grupos da Liga dos Campeões que não conseguiu conquistar qualquer ponto. É um registo que arrasa a ambição de um regresso à alta roda europeia e equitativamente penalizador para o treinador Rui Vitória e para o presidente Luís Filipe Vieira.
Jorge Jesus Barcelona Camp Nou Sporting Bessa desporto futebol
Ver comentários