Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Magalhães

Benfica aguarda por melhor diagnóstico

Nem mesmo um grupo experiente fica imune às correntes de ar.

António Magalhães 8 de Abril de 2017 às 00:30
Com 3 empates em 3 jogos, o Benfica manteve a liderança na Liga e certificou o apuramento para a final da Taça de Portugal. Aparentemente, não veio mal ao mundo benfiquista por estar sem ganhar há 3 jogos. Contra factos, não há argumentos.

Mas sobra desconfiança. Sobretudo porque em dois desses três jogos, o Benfica ficou perto de algo pior do que o empate. Bem diferente foi o clássico. O tricampeão foi autoritário e ficou muito mais perto da vitória do que o FC Porto mas, lá está, a verdade é que não conseguiu mais do que 1 ponto e assim manteve bem vivo o rival na luta pelo título.

Sintomas de debilidade? Antes do jogo com o FC Porto, muitas teorias apontavam nesse sentido. O clássico encarregou-se de criar uma ideia diferente. Só que o Estoril apontou para um quadro de recaída. Quer isto dizer que o desafio com o Moreirense – com quem, aliás, o Benfica tem umas contas para ajustar – pode fazer luz sobre o atual momento da águia.

É que este campeonato está a disputar-se muito para além das quatro linhas e num clima  agreste e agitado, pelo que se torna quase impossível manter a equipa imune a correntes de ar e oscilações de temperatura que não dão saúde a ninguém.

Rui Vitória tem procurado manter a equipa a salvo destas febres mas nem mesmo um grupo experiente e calejado como aquele que o técnico do Benfica tem ao seu dispor é capaz de permanecer insensível a todas as tempestades.

Em Moreira de Cónegos se verá se a águia está recuperada ou se tem as defesas em baixo e pode voltar a constipar-se.

Mais vergonha do que surpresa na agressão do Canelas
A má fama do Canelas já tinha ultrapassado fronteiras pelo clima de terror que promovia nos seus jogos, mas foi preciso haver imagens de uma bárbara agressão a um árbitro para que se agisse em conformidade. Mais vale tarde do que nunca. Esperemos é que se vá até ao fim.
Rui Vitória Taça de Portugal Benfica Canelas desporto futebol
Ver comentários