Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Normalidade possível

Portugal precisa de voltar rapidamente à normalidade.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 14 de Abril de 2020 às 00:31
Nenhum país aguenta por muito tempo com a economia em hibernação, tal como estamos hoje . Também as pessoas precisam de ver a luz ao fundo do túnel, mesmo que saibam que o caminho para alcançar a claridade seja longo e tortuoso.

Os números mostram, apesar de tudo, que a quarentena conseguiu travar a aceleração do coronavírus e os dados sobre mortes e pessoas hospitalizadas indiciam uma evolução em forma de planalto. As estatísticas relativamente suaves não podem, contudo, significar relaxamento, até porque a baixa taxa de população imunizada leva a que as pessoas fiquem à mercê de um segundo surto. E não podemos esquecer que, há pouco mais de um século, o segundo surto da gripe espanhola foi ainda mais mortal do que o primeiro.

Portugal precisa de voltar rapidamente à normalidade possível. Os decisores têm de estar munidos de toda a informação científica, os planos têm de ser graduais e com a população com mais risco, mais protegida. Mas é imperioso o regresso à vida normal, com cuidados e proteção. Se isso não acontecer antes do verão, a ressaca vai ser ainda mais dolorosa.
política questões sociais saúde governo (sistema) parlamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)