Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Anjos

Informação e terrorismo

E se dentro daquelas carrinhas viessem terroristas?

Carlos Anjos 1 de Abril de 2016 às 00:30
Todos querem ter informação, mas ninguém a quer procurar. Todos estão à espera da morada de um terrorista do Daesh, armado com uma metralhadora, para que possamos mostrar todos os meios de que dispomos (cães pisteiros, drones, patrulhões, polícias de carro, de moto e de bicicleta, e muitos homens) para, depois de horas de espetáculo, prendermos o maldito terrorista. Já procurar a informação, isso ninguém parece querer fazer. Vejam o caso dos emigrantes que perderam a vida na estrada. Ficamos a saber que, por esta altura, mais de duas centenas de carrinhas daquele tipo saem da Suíça, Bélgica, Alemanha e França com destino a Portugal, trazendo inúmeros emigrantes. Estas carrinhas, carregadas de seres humanos como se fossem sacos de batatas, atravessam a Suíça, Bélgica ou Alemanha, depois atravessam  França e Espanha e chegam a Portugal, cruzando o País de lés a lés. Controlo policial: zero. Nenhum. E se dentro daquelas carrinhas viessem terroristas? Se viesse um Salah Abdeslam a fugir da Bélgica? Ninguém dava por ele. O problema possivelmente está no facto de as polícias que nestes países deveriam fiscalizar o trânsito e aí obter informações quererem prender terroristas.
Carlos Anjos opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)