Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Garcia

Ausências II

Os filósofos antigos bem diziam que mal o vazio acontece outra qualquer coisa entra logo no seu lugar.

Carlos Garcia 26 de Abril de 2015 às 00:30

Cristo contava uma parábola em que o demónio vendo uma casa não só vazia como também limpa e decorada tratou logo de a ocupar chamando mais demónios para a habitar! A sociedade começa a perceber que a Direção Nacional da PJ é que é uma das maiores responsáveis por constrangimentos inexplicáveis, retrógrados e nefastos, quer para a PJ, quer para o sistema de Justiça e policial. Da sua parte ninguém já espera uma contribuição mínima que seja para a resolução dos problemas, mas sim um permanente vazio de ideias e de ações. No espaço de poucos dias, a Direção Nacional da PJ fez-se notar, publicamente, pela sua ausência em três eventos relevantes para a PJ: no lançamento do livro ‘Ciência, Tecnologia e Investigação Criminal’, de José Braz; no IV Congresso de Investigação Criminal, promovido pela ASFIC, e na 1ª Conferência sobre Terrorismo promovida pelo ISCSP! Aparecer na última hora ladeando a Ministra da Justiça é o mesmo que nada e é simplesmente imperdoável!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)