Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Chegou a hora de sair

Estes tempos farão parte, para sempre, da nossa memória coletiva.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 21 de Maio de 2020 às 00:32
O desconfinamento não fez disparar o número de contágios, nem a ocupação dos cuidados intensivos atingiu o ponto de não retorno. A solução mais racional para combater a pandemia não é, neste momento, ficar em casa. É adaptarmos o quotidiano às novas exigências sanitárias e seguirmos em frente.

Temos de acabar com as mensagens que nos intimam a ficar em casa, como ainda há nalgumas autoestradas portuguesas, ou mesmo na emissão da televisão do Estado. Se ficarmos todos em casa estaremos a condenar o nosso mundo a um apocalipse sócio-económico de proporções inimagináveis.

Vamos ser práticos: todos gostaríamos de apagar estes meses das nossas vidas, com tanto sofrimento, tanta morte incompreensível, tanto pasmo e incredulidade. Infelizmente, isso não é possível. Estes tempos farão para sempre parte da nossa memória individual e coletiva.

O único resultado que poderemos esperar se continuarmos com as vidas suspensas será o prolongamento de um sofrimento já de si insuportável, mas que na verdade fomos obrigados a suportar, e que, para o bem e para o mal, teremos agora de ultrapassar.
questões sociais Estado desconfinamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)