Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

O mago da gestão

Definir serviço público de televisão era um debate interminável em Portugal. Até hoje.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 18 de Dezembro de 2014 às 00:30

Afinal, a chave é a Liga dos Campeões. Ou seja, milhões pagos à UEFA.

Em concreto, 15 milhões, segundo Alberto da Ponte, que promete rentabilizá-los com publicidade e com "custos de oportunidade": dinheiro poupado em conteúdos não emitidos por causa dos jogos.

Se a lógica pega, passará tudo a ser a custo zero neste país. Os submarinos, por exemplo, permitiram uma poupança de mil milhões em hospitais, escolas e estradas que não puderam ser construídos.

Alberto da Ponte já era um dos piores presidentes da história da RTP. Afinal é também um verdadeiro mago da gestão.

RTP gestão Liga dos Campeões Alberto da Ponte media serviço público televisão
Ver comentários