Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

César Nogueira

Vencimento miserável

Auferir cerca de 700 € de vencimento base para arriscar a vida é muito pouco.

César Nogueira 21 de Maio de 2016 às 01:45
A ministra da Administração Interna terá afirmado que os polícias, em início de carreira, auferem cerca de 1500 € mensais, incluindo suplementos remuneratórios. Há aqui um manifesto equívoco de aritmética por parte da responsável da tutela.

Esclareça-se, em início de carreira um profissional da GNR aufere 789,54 € de vencimento-base e, mesmo que acumulasse quase todos os suplementos previstos na lei, não atingiria os 1500 €.

Ao serem proferidas afirmações deste tipo, dá-se a ideia, errada, muito errada, de que os agentes das forças de segurança ganham relativamente bem face aos vencimentos praticados na sociedade. Auferir pouco mais de 700 € de vencimento-base para arriscar a vida é pouco, muito pouco.

Mas vamos a contas, pois o caso da GNR é ainda mais particular. Se considerarmos que há profissionais da GNR a trabalhar mais de 70 horas semanais, com uma folga semanal, convenhamos que se trata de mão de obra muitíssimo barata, sobretudo se usarmos como referência o limite semanal do trabalho previsto na lei e se propusermos que o excedente deva ser pago como trabalho suplementar.

Vistas assim as coisas, trata-se de uma remuneração acima da média? Muito pelo contrário!
ministra da Administração Interna GNR polícias vencimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)