Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Cristina Ferreira de Almeida

Com vista para o EPL

A partir de Lisboa, a Infanta Cristina poderá visitar o marido na cadeia.

Cristina Ferreira de Almeida 24 de Maio de 2016 às 00:30
Perto das cadeias espanholas, com custo de vida barato, muitos amigos da família e local da nova sede da fundação Aga Khan, onde trabalha, são fatores decisivos para a vinda para Lisboa de Cristina, 50 anos, filha do meio do rei Juan Carlos. O Ministério Público pede 19 anos e meio de cadeia e 3,5 milhões de euros de multa para Iñaki Urdangarin, o marido da infanta, por desvio de milhões de fundos públicos. Cristina, que também arrisca uma pena de prisão, beneficia do longo braço do rei Juan Carlos, amigo do príncipe Karim, o quarto Aga Khan e presidente da fundação. A partir de Lisboa, a infanta poderá visitar o marido na cadeia. O palácio para onde vai a fundação fica ao lado do Estabelecimento Prisional de Lisboa, mas não se prevê trocas de experiências com as famílias dos reclusos portugueses.
Cristina Ferreira de Almeida opinião
Ver comentários