Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Edgardo Pacheco

A ciência e a sandes à moda da TAP

Na TAP servem-se sandes de peru que podem conter vestígios de tremoço e amendoim.

Edgardo Pacheco 6 de Novembro de 2015 às 00:30
Costumo dizer à família que se algum dia começar a comer com base em regras científicas isso quer dizer que estou pronto a ir para o cemitério.

Quem passou o tempo da infância e juventude à volta da cozinha da avó e da mãe (bela escola) não tem capacidade técnica e pachorra para avaliar uma moreia frita ou um chouriço mouro pela lógica das quilocalorias. Não dá. Não é possível.

Contudo, sou fã dos estudos científicos sobre alimentação. Aprendo com uns, rio-me com outros e fico sempre com dúvidas pelo meio (por exemplo, de que morrem os vegetarianos? Se é que morrem. Tenho curiosidade).

Ora, uma das virtudes da ciência da alimentação é a lei da rotulagem. Por causa dela deixei de comer muita porcaria, a última delas a sandes de pão de malte e peru que a TAP serve a bordo. São más por causa do sabor e da textura (provei a mistela pastosa por defeito de profissão) e arrepiam qualquer alma minimamente educada nas coisas da mesa. Reparem nisto. Numa sandes tipo pão de forma de tamanho padrão e envolta em película aderente vem um autocolante do tamanho da sandes – e colado numa das faces – com a descrição dos ingredientes. Entre dezenas deles com os temíveis E300, E471, E407 E472, ficamos a saber que uma vulgar sandes de peru "pode conter vestígios de crustáceos, ovo, peixe, amendoim, soja, frutos de casca rija, aipo, mostarda, sementes de sésamo, tremoço e moluscos". Tremoço e amendoim, valha-nos Deus. Lá está, quanto mais estudos leio, mais cozidos à portuguesa como e menos sandes à moda da TAP aceito. Viva a ciência.

Fosse eu corajoso e levaria para bordo dos aviões da TAP torresmos de caçoila. Gordinhos e calóricos, mas saborosos e puros.
alimentação cozinha portuguesa TAP estudos científicos rotulagem
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)