Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Edgardo Pacheco

Ciência para a olivicultura precisa-se

Os vinhos usufruem com o trabalho científico. Com os azeites não há um programa.

Edgardo Pacheco 5 de Maio de 2017 às 00:30
Costuma dizer-se que a evolução da qualidade do azeite português inspirou-se na cultura do vinho. Se para produzir bons tintos e brancos necessitamos de uvas da melhor qualidade, um azeite virgem extra só se consegue com azeitonas sãs e, claro, cuidados no lagar. Mas, aparentemente, as semelhanças ficam por aqui.

Comparemos, por exemplo, o trabalho de investigação científica das duas culturas. No caso da vinha, o professor Antero Martins, do Instituto Superior de Agronomia, dedicou parte da sua vida ao melhoramento de inúmeras castas nacionais.

Primeiro resultado, hoje temos clones das castas Touriga Nacional ou Alvarinho (dois exemplos) muito mais produtivos e resistentes a pragas e doenças. Segundo resultado, o rendimento dos produtores melhorou. E, terceiro, os consumidores têm a garantia de ter vinhos com qualidade consistente.

Ora, quando passamos para o universo da olivicultura, não há nada de semelhante ao trabalho do professor Antero Martins, coisa que, num país em que o azeite tem uma importância económica determinante, parece inconcebível.

Há variedades de azeitona que dão azeite de altíssima qualidade mas que são uma dor de cabeça para os agricultores, em virtude das produções irregulares por diferentes razões. Programas de melhoramento de tais variedades poderiam aumentar a produtividade dos olivicultores.

Donde, por que razão, não existe um programa de investigação científica para a olivicultura? Será desleixo? Será excesso de burocracia? Será ignorância? Ou apenas um deixa andar porque a única coisa que interessa é plantar Arbequina, Arbosana ou Koroneiki, plantio que se encontra em abundância em Espanha?
Antero Martins Alvarinho Espanha Instituto Superior de Agronomia Touriga Nacional Arbequina Arbosana Koroneiki
Ver comentários