Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Cintra Torres

Olivença em horário nobre na SIC

Abandonados por Portugal, os oliventinos não abandonaram Portugal. Centenas de valentes pedem a dupla nacionalidade. A SIC foi conhecê-los.

Eduardo Cintra Torres 5 de Junho de 2015 às 13:34
Há 40 anos, enquanto os oliventinos eram inculcados na cultura espanhola que não era a sua, em Portugal gozava-se com os Amigos de Olivença, um pequeno grupo que lutava contra o esquecimento de uma terra que é, pelo direito internacional, portuguesa.



Agora, em Olivença, centenas pedem a dupla nacionalidade. Ao fazer uma reportagem na terra portuguesa ocupada, a SIC tratou o assunto com a seriedade que merece. Deu a palavra aos oliventinos. Falta pressionar o governo de Portugal a falar sobre o assunto.



O rei de Espanha sujeitou-se em Barcelona a uma pateada humilhante. No Camp Nou, a assobiadela monumental abafou o hino espanhol. Milhões de catalães vão mostrando a sua aversão ao poder madrileno, mas também é verdade que se ficam por assobiadelas.



O novo programa de debate na RTP 1 marca o princípio do fim dos ‘espaços’ inquinados de ‘comentário’ entregues ao Bloco Central por directores sem coluna vertebral. Terá comentadores rotativos, consoante o tema. Agora só falta não falarem todos ao mesmo tempo.



O ex-ministro e ex-autarca Isaltino Morais deu uma entrevista à SIC em que falou da corrupção horrível que anda por aí… no país todo… ao mais alto nível… E ele, coitado, é que esteve preso! Quem não tem vergonha todo o mundo é seu.



Mais um cromo da TV: este vem com o seu cartaz ‘Free Willy’ quando se passa alguma coisa no mundo judicial relativamente a Sócrates prisioneiro. A piada esgota-se, mas ele vem insistindo. Desta vez, colou-se à câmara da SIC durante quatro minutos.



Tendências

Flic-Flac
Se PSD e CDS recuaram na proposta de controle dos media durante as campanhas eleitorais, já o PS fez um flic-flac feliz, uma volta de 180 graus, depois de também ter defendido censura prévia. A sua proposta é agora a menos má: os partidos têm tempos de antena na TV, cabe aos media decidir sobre debates. Só falta aos deputados perceber que o melhor é não haver lei nenhuma. 

Quedas
A SIC anda feliz com os resultados dos seus principais programas, nomeadamente as telenovelas. Tem, de facto, bons resultados para a realidade actual, mas em termos históricos há uma diferença enorme. Há 20 anos, a SIC tinha quase metade da audiência de TV, e hoje tem menos de 20%. A TVI está em primeiro lugar, com 23% de share, mas sofre a mesma erosão. RTP 1 e 2 somam 18%. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)