Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Dâmaso

Chalies em dias par

Os políticos que se proclamam ‘Charlie’ como se sempre o tivessem sido são os mesmos que se barricam num conceito alargado de vida privada para cercear qualquer forma de liberdade de expressão e de imprensa que os ponha em causa.

Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 13 de Janeiro de 2015 às 00:30

Esse é um dos maiores cinismos dos discursos ouvidos após os atentados de Paris. São ‘Charlie’ até certo ponto.

A defesa da liberdade de expressão como um valor essencial da democracia vale mais na defesa da vida humana, mas não é um valor secundário na defesa da transparência e do combate à corrupção. Quando deixarem de ser ‘Charlies’ em dias par, talvez consigam ser credíveis.

Charlie Hendo política terrorismo movimento solidariedade políticos liberdade de expressão cinismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)