Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Terrores

Ofensiva do terrorismo global vai continuar ainda por muito tempo.

F. Falcão-Machado 25 de Agosto de 2017 às 00:30
Os atos terroristas ocorridos por essa Europa merecem total repulsa e condenação. Infelizmente, e por muito que nos custe, a ofensiva do terrorismo global vai continuar ainda por muito tempo. Há, por isso, que rever os meios de o prevenir e eliminar.

Muito se tem dito sobre o tema, mas importa destacar alguns pontos. Primeiro, há que saber separar a religião islâmica, que merece respeito, das suas interpretações abusivas e condenadas pela grande maioria das autoridades desse credo.

Os grupos terroristas usam a religião como pretexto para dar largas a instintos violentos ao serviço de um projeto que abomina valores e princípios comuns às religiões islâmica e cristãs.

Os autores do atentado de Barcelona eram quase todos nascidos na Europa, onde pareciam integrados e não eram tidos por perigosos. Porém, tão-pouco se lhes conhecia uma prática religiosa sincera e dedicada.

Hoje sabe-se que planeavam atentados hediondos e que tomavam precauções especiais para passarem despercebidos.

Estes detalhes organizativos, confirmam que o combate ao terrorismo assenta numa boa "intelligence" e no uso da repressão tanto quanto se revele necessária.

As suas vítimas exigem-no.
F. Falcão-Machado opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)