Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Brindes

Foi bom fruir de um Natal em que o preço dos combustíveis baixou, para alegria dos automobilistas.

F. Falcão-Machado 26 de Dezembro de 2014 às 00:30

No meio das angústias que a tantos assediam, foi bom fruir de um Natal em que o preço dos combustíveis baixou. Espero que tal surpresa haja alegrado as Festas dos automobilistas que aproveitam esta quadra do ano para visitar as suas famílias e terras de origem. Este bónus resulta das sucessivas baixas do preço do petróleo ultimamente verificadas nos mercados internacionais. Mas porque diminuiu o preço?

Pondo de lado as usuais teorias da conspiração, os novos preços só podem resultar de uma redução da procura ou de um aumento da oferta. Ora os esforços mundiais de diminuição do consumo de energias não renováveis algum efeito terão tido, sobretudo quando conjugados com a defesa do meio ambiente.

Por outro lado, as novas técnicas de extração do petróleo estão a permitir o aproveitamento das chamadas "reservas de xisto", pesem embora as polémicas que geram. Não obstante, são inquietantes as previsões dos aumentos dos gastos de combustíveis nos países que começam a abrir-se para a sociedade de consumo. Que isto, porém, não nos impeça de gozar devidamente este pequeno brinde do final do ano. Bom Ano Novo! 

brindes natal preço cobmustíveis alegria automobilistas
Ver comentários