Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Os novos grandes

Administração americana não se preocupa com o resto do planeta.

F. Falcão-Machado 7 de Julho de 2017 às 00:30
Noutros tempos falava-se dos 5 grandes quando nos referíamos ao Conselho de Segurança da ONU. Entretanto, o tempo passou e temos hoje uma realidade internacional diferente.

Os Estados Unidos continuam a ser considerados o país mais poderoso do mundo, mas surgem hoje outros poderes – a China, a Rússia e a própria Índia - que aparentam disputar essa hegemonia. Torna-se, aliás, difícil comparar o poder quando este é composto por tantas variáveis: as económicas, as ideológicas, a militar, etc.

Por outro lado, a atual Administração norte-americana, numa tradição ligada ao Partido Republicano, parece não ter excessiva preocupação com o resto do planeta, exceto quando os seus interesses imediatos são postos em causa.

Ora, está em curso, na Alemanha, mais uma Cimeira do chamado G20 que agrupa os principais países industrializados do mundo. Da sua agenda constam os grandes problemas dos nossos dias: a defesa do meio ambiente, a crescente desigualdade económico- -social e o terrorismo internacional.

O presidente Trump prometeu vir animar os debates. Vai valer a pena observar a reação da Europa pela voz de Merkel e Macron, sem esquecer a ainda europeia Theresa May.
F.Falcão-Machado opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)