Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Votações

Referendo britânico e eleições espanholas centram atenções.

F. Falcão-Machado 3 de Junho de 2016 às 01:45
A guardam-se com certa expectativa os resultados quer do referendo britânico sobre a permanência na União Europeia (UE), quer das eleições parlamentares de Espanha.

Quanto ao Reino Unido, tudo indica que o eleitorado acabará por optar pela UE. Relativamente a Espanha, a situação parece ser mais difusa, mas é de admitir que, não obtendo nenhum partido a maioria absoluta, acabe por formar-se um governo de coligação. A seu tempo se verá.

Enquanto decorre este compasso de espera, valerá a pena revisitar a situação na República Islâmica do Irão. A prevista segunda volta das eleições legislativas do país ocorreu a 29 de abril último.

Das contagens após essa segunda volta resultou a atribuição de 155 lugares aos grupos conservador e independente e de 134 lugares ao bloco reformista, que assim reforçou a sua representação.

Afigura-se pois que o atual presidente do governo, o moderado Hassan Rouhani, mentor das conversações com os Estados Unidos sobre o uso da energia nuclear, consolidou o seu poder. Esperemos que este tímido exercício democrático contribua, ainda que sob o controlo das instituições religiosas locais, para a diminuição das tensões no Médio Oriente.
Ver comentários