Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Ilharco

Vantagens do calor

O calor humano é um traço comportamental poderoso no relacionamento social.

Fernando Ilharco 18 de Junho de 2017 às 00:30

Mas não é apenas o calor simbólico, a simpatia e a abertura para com os outros. O calor físico, a temperatura do local onde estamos e a temperatura dos objectos que tocamos também fazem diferença no relacionamento social.

Num estudo publicado na revista ‘Social Cognitive and Affective Neuroscience’ investigou-se como a temperatura de objectos exteriores pode afectar os laços de confiança. As pessoas que participaram voluntariamente nas experiências da investigação tocavam num objecto, que estava quente ou frio, e em seguida jogavam um jogo de confiança económica. Quem tocava num objecto frio, em geral, acreditava menos nos parceiros de jogo que não conhecia, revelando menos confiança, do que os participantes que   haviam   tocado   em   objectos   quentes, que confiavam mais nos desconhecidos.

Numa segunda experiência, voluntários travavam conhecimento à vez com um desconhecido. Quem havia segurado uma chávena quente tendia a achar que o desconhecido era uma pessoa quente, generosa e cuidadosa; mais do que aqueles que haviam segurado uma chávena ou copo frio, que viam o desconhecido como algo frio e distante.

Numa outra experiência, as pessoas de um grupo de voluntários levavam consigo uma almofada enquanto escolhiam lembranças. Quem segurava uma almofada quente mostrou tendência para escolher um presente para um amigo, para oferecer a alguém. Mas quem tinha consigo uma almofada fria tendia a escolher algo para si próprio. Ainda noutra investigação, publicada na revista ‘Psychological   Science’,   a   temperatura quente é associada à intimidade e o frio ao isolamento   social.  Sugere-se   que,   de   um ponto de vista psicológico, intimidade e calor estão ligados. O calor torna as pessoas mais quentes, mais simpáticas, mais abertas e mais próximas dos outros. O ambiente que nos rodeia modela-nos. Os nórdicos são frios, costuma dizer-se… e o clima nórdico é bem frio. E a gente de África é quente… e naquelas paragens o clima é bem quente.

Talvez seja mais provável que as coisas corram bem num bonito dia, com algum calor, do que num dia chuvoso. Por exemplo, as bolsas de valores sobem mais em dias de céu azul do que em dias cinzentos. Os dias enevoados fazem-nos mais introspectivos, defende o ‘Journal of Experimental Social Psychology’. Mas, atenção, os dias chuvosos e enevoados melhoram a memória.

E em geral tudo isto se vai passando quer nós saibamos e queiramos quer não.

ANTIGA ORTOGRAFIA

O segredo de viver Fernando Ilharco
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)