Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco J. Gonçalves

O líder do top terrorista

Qual será o país que mais apoia o terrorismo?

Francisco J. Gonçalves 22 de Junho de 2016 às 01:45
Qual será o país que mais apoia o terrorismo? Para os EUA, que no início do mês divulgaram o relatório anual sobre o tema, é o Irão. E isto é curioso a vários títulos. Antes de mais, porque ao fazer esta acusação os EUA estão a tirar com uma mão o que deram com a outra.

Ainda se lembram que Barack Obama levantou as sanções à República Islâmica? Possivelmente não, e por boas razões. É que as sanções só foram levantadas no papel, pois os negócios que deveriam fluir para o Irão estão travados pelo medo dos grandes bancos de ofender restrições que, sem as clarificar, os EUA ainda mantêm em vigor.

Sobre o Irão no top terrorista cabe sublinhar o óbvio. Os apoios do Irão visam acima de tudo o Hezbollah, grupo radical que é o verdadeiro poder no Líbano e que é também o mais forte contra-poder à expansão de Israel. O grupo é ainda o rosto do apoio do Irão a Bashar Assad. Depois, há o Hamas, que usa métodos terroristas numa luta nacionalista contra Israel.

Não há apoios à al-Qaeda nem ao Daesh, mas há algo que, pelos vistos, tem mais peso que a segurança da Europa e dos próprios EUA: a segurança de Israel. Se não é isso que explica o top do Irão não sei o que é.
EUA Barack Obama Irão Hezbollah Líbano Bashar Assad Hamas Europa diplomacia terrorrismo al-Qaeda Daesh
Ver comentários