Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Faço parte dos fãs de James Bond.

Francisco José Viegas 24 de Novembro de 2015 às 00:30
Faço parte dos fãs de James Bond. E dos que não detestam Daniel Craig; ele tem a perfídia melancólica de Philip Marlowe, qualquer coisa de chandleriano: um sentido da moral que o leva a tomar o partido de combates dados como perdidos à partida, além da necessidade da ação.

Sim, é um 007 dos tempos atuais, sem a ventura burlesca de Sean Connery ou Roger Moore, os atores canónicos de que sobram apenas a heterossexualidade e a predestinação para a frieza.

‘Spectre’, o novo filme, é sobretudo um formidável arranque e um combate desigual contra o tempo que corre e contra um universo amoral (o que já vinha do filme anterior, ‘Skyfall’, com a morte de M, uma espécie de perda da inocência). Bond sabe que é tudo encenação (como a grande explosão no deserto marroquino, uma repetição); só nós acreditamos naquele mundo de aventuras.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)