Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Um mês antes do ataque ao ‘Charlie’, havia vozes a pedir que Eric Zemmour, autor de um livro polémico e radical (bonapartista, adversário do multiculturalismo, do feminismo e da ‘ideologia gay’), fosse impedido de ir à televisão.

Francisco José Viegas 21 de Janeiro de 2015 às 00:30

Sem surpresa, estas pessoas apareceram depois a clamar pela liberdade de expressão.

Ontem, o New York Times publicou um artigo de Marine Le Pen, líder da Frente Nacional; os protestos não se fizeram esperar contra a "traição", a "vergonha" e a "indignidade" do ‘NYT’, uma "facada nas costas" da França (como se Le Pen não fosse francesa) – todos com a mesma indignação com que defendem a liberdade de imprensa.

Um dos críticos fala de "golpe sujo" e de falta de respeito pelas vítimas do 11 de Janeiro, assassinadas por fanáticos. As ideias de Le Pen são más? Muito. Mas são francesas.

--------------

Citação do dia

"Portugal precisa tanto de regiões como um entrevado precisa de um skate"

Fernanda Cachão, ontem, no CM

--------------

Sugestão do dia

A Parsifal publica por estes dias o ‘Manifesto em Defesa de uma Morte Livre’, de Miguel Real – a palavra "eutanásia" é dura e cruel; mas o conceito é "terminar a vida com dignidade e sem sofrimento". A ler.

Ver comentários