Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Escrever à mão é cada vez mais uma velharia a que poucas pessoas se dedicam.

Francisco José Viegas 25 de Janeiro de 2022 às 00:30
No meio da vasta lista de Dias Mundiais, alguns deles consagrados a coisas mirabolantes ou a causas atoleimadas, ontem foi a vez da Escrita à Mão. Escrever à mão é cada vez mais uma velharia a que poucas pessoas se dedicam.

Não sabem o que perdem. Uma letra agradável, desenhada e refletida obriga-nos a pensar melhor no que escrevemos, a ter amor pela escrita e pelas palavras que se escolhem de entre todas as possíveis na nossa memória.



Michel Houellebecq Escrita à Mão artes cultura e entretenimento caligrafia Emílio Braga palavras literatura
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas