Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco Moita Flores

Fogo Velho

Cinquenta anos depois, já não existe a minha escola e nos montes habitam meia dúzia de almas.

Francisco Moita Flores 8 de Outubro de 2017 às 00:31
Quando era puto vivi, e cresci, num monte alentejano. Ali, ao lado do rio Ardila, de frente para Moura, com o Guadiana em fundo. Quando era puto, na Defesa de S. Brás, moravam oitenta famílias e tinha escola primária. Vinham, outros putos como eu, das Eirinhas, de Vale de Manantio, da Rola, dos Ratinhos, encher a sala de aula para aprendermos as primeiras letras.

Quando era puto já havia incêndios por aqueles campos. Bastava o clarão das chamas e corríamos todos, miúdos e adultos, a ajudar os vizinhos. Não havia fronteiras. Ajudar aflitos não tem limites. Quando os bombeiros chegavam, apenas resolviam os focos mais difíceis. Os tractores haviam charruado a terra para cercar o fogo e os homens e as mulheres, para além dos putos, tinham-no agarrado pelas goelas e, por mais que esperneasse, dali não saía.

Agora, em Outubro, alastram incêndios que obrigam quinhentos bombeiros e não sei quantos aviões. Agora, cinquenta anos depois, já não existe a minha escola e, em todos os montes que referi, habitam meia dúzia de almas. E já não há putos. Apenas meia dúzia de velhos que chamam os bombeiros e, uma hora depois, quando chegam, o fogo já engoliu as entranhas da velha liberdade. O monte, onde fui puto, é o interior do País inteiro. Velhos sem força, campos e florestas desertos de homens. As retóricas sobre as políticas de florestação, leis, reforço de meios aéreos e terrestres, é ilusão medíocre que esconde a necessidade: investimento no interior que fixe populações. São conversas de fazer de conta para quem deixa o País interior morrer sozinho. De velhice e no fogo. Que ninguém duvide. Os incêndios nunca terminarão. Mas serão do tamanho da palma da mão quando os putos regressarem aos campos. À minha escola. Às muitas escolas abandonadas por esses montes fora.
Eirinhas Ardila Ratinhos Moura Rola Vale de Manantio Guadiana País S. Brás política autoridades locais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)