Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João de Sousa

Leões e lebres

A pulseira eletrónica é uma "anilha", logo a rejeito, mas se fores o "dono disto tudo" nem tens essa preocupação.

João de Sousa 2 de Agosto de 2015 às 00:30
Não estamos aqui para condenar ou defender alguém em particular, mas sim a tentar entender a Justiça em Portugal, sendo objetivo primeiro garantir que todos são iguais perante a lei, denunciando o contrário!
Quem muito, e bem, pensou nestas coisas, afirmou que pelos exemplos que via no seu tempo – há mais de 2000 anos – se podia constatar que a "legislação se refere necessariamente àqueles que são iguais em nascimento e capacidade, enquanto para os seres superiores não existe lei, eles mesmos são a lei".
Acrescentou que sujeitar os "grandes" à lei seria como na Fábula de Esopo, quando as Lebres reivindicaram em assembleia a igualdade para todos, os Leões perguntaram às ousadas lebres: "Onde estão as vossas jubas e mandíbulas?"
Em Portugal, também existem Leões e Lebres! A pulseira eletrónica é uma "anilha", logo a rejeito, mas se fores o "dono disto tudo" nem tens essa preocupação, o Estado coloca-te em casa com escolta policial, logo após teres abandonado o tribunal, não dentro do carro celular, mas sim com motorista privado, no veículo automóvel da família!
És "Leão"? Sim! Então é ofensivo revistarem as visitas à tua pessoa na tua casa de luxo. És "Lebre"? Então, na prisão, é indispensável passar revista ao teu filho recém-nascido.


Transporte de dinheiro
És "lebre"? Então podes ser acusado de associação criminosa. Se fores "Leão", podes legislar para o dinheiro entrar "limpo", com menos imposto, podes organizar o transporte do dinheiro, orquestrar com outros a compra de uma obra tua, ou mesmo ocultar e fazer desaparecer documentos. 

Não há programa criminoso
tudo isto é manifestação da liberdade individual num estado de direito democrático, e não um qualquer programa criminoso, onde se verifica a existência do elemento organizativo, o elemento de estabilidade associativa, o elemento da finalidade criminosa (pressupostos para existir o crime de associação criminosa). 

Vozes do pátio

No conforto de casa
O "Leão" é sempre alvo de canalhice, o "Leão" é afinal Leopardo que quando morre deixa a pele, nós, as "Lebres", somos esfolados em vida, e ainda descontamos para os "Leões" estarem seguros e confortáveis, presumivelmente inocentes, mui honrados e senhores, no conforto das suas casas!
opinião joão de sousa sócrates leões lebres pulseira eletrónica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)