Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Diogo Quintela

Meça o tráfico de influências

Gosto do tipo de ensino moderno, mais prático, em que a matéria é dada com exemplos do dia-a-dia.

José Diogo Quintela 16 de Novembro de 2017 às 00:31
Gosto do tipo de ensino moderno, mais prático, em que a matéria é dada com exemplos do dia-a-dia. Ontem o TPC de matemática do meu enteado era este:

‘O advogado pediu 7 bilhetes jeitosos para o observador de árbitros. A relações públicas destinou 27 ingressos a um responsável pelas nomeações de delegados. O administrador solicitou 3 entradas para um dirigente da Liga cheio de moral.

O vice-presidente mandou entregar 9 passes a um juiz que vai julgar um caso que interessa ao clube. Sabendo que o Estádio leva 65 647 espectadores e ficaram 27 659 lugares vazios, calcule as probabilidades do Barbas estar sentado ao lado de um corrupto’.

Assim dá gosto aprender.
José Diogo Quintela opinião
Ver comentários