Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Manuel Silva

A PEM a enrolar

As queixas dos médicos, em desespero, são recorrentes.

José Manuel Silva 14 de Julho de 2016 às 01:45
Continuam as dificuldades com a prescrição desmaterializada de medicamentos (PEM). Cada vez que o sistema não funciona, muitos doentes são obrigados a voltar às instituições para irem buscar as guias de tratamento!

As queixas dos médicos, em desespero pelos entraves da PEM, são recorrentes. É um facto que também depende do apoio informático local, mas a SPMS foi célere a bloquear as vias alternativas de prescrição sem antes evitar os sucessivos bloqueios e constrangimentos da PEM.

Os problemas com as doenças raras também continuam: não é possível emitir receitas informáticas de produtos dietéticos especiais para estes doentes e a farmácia do hospital não aceita as guias de tratamento. Kafkiano.

Para imprimir um documento em PDF, para dar o resultado de um exame ao doente, os procedimentos de ‘segurança’ levam a esperar meio minuto, ou mais, por cada impressão. Ao fim do dia é o tempo de duas consultas...

Um colega escreveu: "Ontem passei o dia com atrasos e falhas continuadas na PEM. Não funcionou durante 4 horas. O apoio só enviava emails a dizer que estava resolvido, quando não estava". Provavelmente a SPMS só mudará quando o seu presidente for encostado à parede.
prescrição desmaterializada de medicamentos medicamentos médicos farmácias SPMS
Ver comentários