Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

A estranha lista VIP

A lista de contribuintes VIP compromete irremediavelmente o nome que nela destoa.

José Rodrigues 30 de Março de 2015 às 00:30
A notícia de que uma auditoria interna do Fisco confirma a criação da famosa lista VIP de contribuintes e a implementação de um sistema de controlo de acesso aos dados desses VIP, com mecanismos de alerta imediatos, não surpreendeu ninguém. Já o mesmo não se pode dizer da informação de que da dita lista constavam apenas os nomes de quatro pessoas: o presidente da República, o primeiro-ministro, o vice-primeiro-ministro, e o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

É certo que não se esperava que os VIP fossem apenas quatro, mas o que causou verdadeira perplexidade foi a inclusão de um secretário de Estado numa lista restrita de ‘VIP-gold’, no caso três figuras de topo na hierarquia do Estado. Nem sequer lá está a ministra das Finanças, que assim se viu ultrapassada em importância pelo seu secretário de Estado (o que a levou a comentar, com ironia forçada, que pelo visto não era VIP…).

É muito estranho, e, mais do que isso, altamente suspeito. De facto, se a sua composição for como se diz, a lista de contribuintes VIP compromete irremediavelmente o nome que nela destoa.
Ver comentários