Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

PS ‘refém’ de Guterres

É que nunca se sabe as voltas que a vida dá, e convém manter todas as portas abertas...

José Rodrigues 5 de Janeiro de 2015 às 00:30

Perante as recentes informações de que afinal não seria candidato à Presidência da República no início de 2016, António Guterres, ex-primeiro-ministro socialista e atual alto comissário da ONU para os refugiados, viu-se obrigado a vir a público pôr, de viva voz, os pontos nos ii. "Eu sou sempre livre de decidir a minha vida. Tudo isto é, portanto, muita parra e pouca uva" – afirmou, numa crítica velada à lamentável prática, que aliás faz parte do jogo político em Portugal, de atribuir decisões a este ou aquele sem esperar sequer que o visado se manifeste.

Não obstante este ‘Alto e pára o baile!’, Guterres não deu uma resposta clara à questão da sua candidatura, ficando-se por um mero ‘nim’, que também é, diga-se, uma estratégia política muito ao gosto nacional. É que nunca se sabe as voltas que a vida dá, e convém manter todas as portas abertas...

Os socialistas continuam, assim, suspensos da palavra final do homem em quem depositam toda a sua esperança de vitória na próxima corrida a Belém. "É a vida...", como disse um dia, fleumaticamente, o próprio engenheiro Guterres...

Ver comentários