Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

Uma outra austeridade

O Orçamento para 2016 está aí, e não é o prometido virar de página da austeridade.

José Rodrigues 8 de Fevereiro de 2016 às 00:30
O Orçamento para 2016 está aí, e não é o prometido virar de página da austeridade. Mas convém lembrar que há austeridade e austeridade... E não há dúvida de que a austeridade do Governo Costa, mesmo depois de reforçada por via das pressões de Bruxelas, nada tem a ver com a do Governo Passos. Para já, os alvos são outros…

Com este Orçamento, que não foi o desejado mas o possível, há de facto um aumento real de rendimentos para a maioria dos portugueses, com medidas como a reversão dos cortes salariais da função pública, a devolução de parte da sobretaxa de IRS, o descongelamento de pensões, o aumento do abono de família, do RSI, do Complemento Solidário para Idosos… Medidas que fazem toda a diferença, marcando a inversão do rumo que agravou dramaticamente a pobreza e a desigualdade.

Mas a par de tudo isto há o aumento da já brutal carga fiscal, que penaliza não só banca e empresas, como também consumidores. E o conselho do primeiro-ministro para que "utilizemos mais transportes públicos, deixemos de fumar e moderemos o recurso ao crédito" parece bom, mas atenta contra a sua própria solução para estimular a economia...
Governo Costa Bruxelas Passos IRS impostos reformas pensões idosos austeridade Orçamento
Ver comentários