Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Luís Campos Ferreira

Lúcida esperança

O essencial do que se perdeu em 2020 é irrecuperável, não haja ilusões.

Luís Campos Ferreira 31 de Dezembro de 2020 às 00:30
António Ramos Rosa, sublime poeta português, escreveu um dia este verso: "O desamparo é perder o lugar." Escritas nos finais dos anos oitenta do século passado, as palavras servem de perfeita síntese ao sentimento que fica de 2020, ano de um universal e íntimo desamparo. A braços com uma pandemia com a qual ninguém contava nem estava preparado para enfrentar, o mundo ficou sem chão, perdido, sem lugar.

Ou talvez deva dizer: ...

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído)
UTILIZE O
António Ramos Rosa questões sociais desporto economia negócios e finanças política futebol
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes