Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Pereira

Aliança vai agora ser posta à prova

Parceria entre FC Porto e Sporting está a resultar em pleno.

Mário Pereira 9 de Dezembro de 2017 às 00:30
FC Porto e Sporting partem para a 14ª jornada do campeonato de braço dado no comando da classificação. Chegamos a dezembro e a parceria estabelecida entre os dois clubes está a resultar em pleno, tendo em conta que o rival comum, o Benfica, está três pontos abaixo na tabela. Entre leões e dragões, e não é preciso excecional esforço de memória para recordar esses tempos ainda frescos, as candeias andaram às avessas.

Por culpa de egos inflamados, como é hábito acontecer nas guerras de alecrim e manjerona do futebol português. Bruno de Carvalho já meteu Pinto da Costa e "senilidade pura" na mesma frase. Pinto da Costa, por sua vez, chamou a Bruno de Carvalho "adjunto de Jorge Jesus". Mas as circunstâncias mudam. E o tetracampeonato conquistado pelo Benfica foi uma dessas circunstâncias que obrigaram a medidas excecionais. Seguramente não foi para recordar esses tempos que ambos, Pinto da Costa e Bruno de Carvalho, se sentaram lado a lado no camarote presidencial de Alvalade, por ocasião do Sporting-FC Porto realizado há pouco mais de dois meses, oficializando assim a paz entre ambos.

Para março está agendado o FC Porto- -Sporting, referente à 25ª jornada. Falta ainda muito tempo e até lá muitas coisas podem acontecer. Mas se a parceria continuar a dar frutos e se a estratégia de uma frente comum anti-Benfica se mantiver, conseguirá esta aliança estratégica entre leões e dragões sobreviver até lá? Eis um desafio que servirá para desvendar se este é apenas um casamento de conveniência.

Tolerância zero na Luz

O colapso europeu do Benfica aumenta a exigência dos adeptos para o que falta da época. Não haverá margem de tolerância no campeonato, até porque a equipa tem agora outro desafogo no calendário competitivo. Mas, neste caso, isso significa que a pressão vai aumentar.

O que não te mata...

Depois do infortúnio no Bessa, em setembro, que ditou a única derrota que o Benfica tem no atual campeonato, e de uma condenação pública que quase o atirou para o baú dos proscritos, o guarda-redes Bruno Varela regressou mais forte. Lá diz o ditado, "o que não te mata..."

O fado de Alvalade

Os lugares-comuns, em Alvalade, continuam a ser o que eram. O Sporting dá luta, deixa boa imagem, sai de cabeça erguida nos jogos com os tubarões europeus. Mas perde. Enquanto for assim...

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)