Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Miguel Alexandre Ganhão

Operação Marquês na Maçonaria

Mensagem do “velho maçon” João Soares de apoio ao candidato José Adelino Maltez.

Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 15 de Maio de 2017 às 00:30
Era inevitável que a Operação Marquês, que investiga o ex-primeiro-ministro José Sócrates, tivesse pontos de contacto com a Maçonaria. E eis que, no passado dia 5 de maio, num debate realizado no Porto entre os três candidatos a Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) – Adelino Maltez (lista A), Daniel Madeira de Castro (lista B) e Fernando Lima (lista C) – vêm à baila as ligações perigosas.

Adelino Maltez terá, mais uma vez (já tinha mencionado o facto num encontro na Valenciana), feito referência às ligações entre o escritório de advogados de Fernando Lima e o ex-ministro de Lula, José Dirceu, acusado de corrupção na Operação Lava Jato.

Lima indignou-se e disse perante uma assistência de 200 maçons que Maltez lhe tinha pedido para lhe apresentar José Sócrates e José Dirceu, o que Lima fez no seu escritório... Foi uma revelação constrangedora que colocou toda a sala em silêncio.

Entretanto, João Soares fez um pequeno vídeo de apoio à candidatura de Adelino Maltez. Nessa mensagem, de pouco mais de um minuto, o filho de Mário Soares intitula-se "velho maçon" e diz que foi iniciado em 1964 na Loja Simpatia e União, com o nome simbólico de Thomas More (autor da obra ‘Utopia’ publicada em 1516).

O ex-ministro da Cultura de António Costa jura fidelidade aos valores da maçonaria e diz que Portugal precisa de "uma maçonaria dinâmica capaz de respeitar no plano cívico a ética republicana".

------

Combustíveis simples dão guerra entre Moreira da Silva e Sanches
Os chamados combustíveis simples (não aditivados) representam já 70% do total das vendas. Esta realidade desencadeou uma ‘guerra’ entre o atual secretário de Estado da Energia, Seguro Sanches, e o antigo ministro do Ambiente do PSD Jorge Moreira da Silva no Facebook, com este último a reclamar para si os louros da medida e a acusar Seguro Sanches de "desfaçatez" no discurso. Por seu turno, o secretário de Estado da Energia recordou como, em 2011, foi um dos primeiros subscritores de uma resolução do Parlamento para a livre escolha nos combustíveis.

Puro veneno
Júlio de Matos e Agência Europeia
O Hospital Júlio de Matos, integrado no Parque de Saúde de Lisboa, vai ter obras de remodelação, em que se destacam os painéis solares para produzir energia. Tudo para cativar a Agência Europeia do Medicamento a escolher Portugal.

Até a UEFA está contra o Fisco
A UEFA, liderada por Aleksander Ceferin, colocou um processo de impugnação em Tribunal contra o Fisco português, contestando a cobrança de 163 mil euros em imposto.

PSD exige 210 mil às finanças
O PSD de Passos Coelho colocou uma ação administrativa, no valor de 210 mil euros, contra a Autoridade Tributária (AT). Em causa estará a retenção indevida de impostos por parte das Finanças.

Líder do Portugal 2020 quer 474 mil
Rui Vinhas da Silva, ex-gestor do programa Portugal 2020, afastado pelo governo socialista, exige o pagamento de 474 mil euros. A ação entrou no dia 9 no Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa.

Cristas de vermelho após o tetra
Assunção Cristas é uma mulher de bom gosto (o vestido da pera rocha ficará para sempre). A líder do CDS/PP, que ultimamente tem escolhido o azul, estava no dia seguinte à conquista do tetra pelo Benfica com uma exuberante blusa vermelha.

Cromo da semana
A Seleção indiana de Futebol de sub-17 ofereceu a António Costa uma camisola autografada pelos jogadores e pelo treinador.
Ver comentários