Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Padre António Rego

Perder o medo

E se reduzíssemos o telemóvel, a TV, o rádio ou a internet ao mínimo? O que nos aconteceria?

Padre António Rego 21 de Julho de 2017 às 00:30
E se reduzíssemos o telemóvel ao mínimo e deixássemos tudo, isto é, o rádio, a televisão, a internet e outros acessórios com as milhares de propostas que nos sugerem, e ficássemos naquilo que é o máximo da nossa comunicação, a simplicidade em estado puro? O que nos aconteceria? Talvez, ao início, o reforço do nosso casulo. Mas mais intensa, a contemplação e a liberdade interior, esse estado de alma que nos oferece leveza, distância iluminada e uma nova visão de todas as coisas. Não, não estou com saudades da Idade Média.

Apenas a serenar o espírito no regresso ao essencial, abandonando a passadeira que nos dá a ilusão de andar e precipita o cansaço na sede de sempre chegar primeiro.

Pergunto, muitas vezes: o que foi, afinal, mais importante nestes últimos dias? Há fogos e fumo de muitos acontecimentos que atravessam o mundo, passam pela nossa porta e que nos são oferecidos em fartas bandejas por tantos meios de comunicação. E pela nossa consciência quando está acordada. Mas são devorados na enxurrada de crónicas e imagens arrastando até a lembrança de Deus.

Acabo de ler um texto escrito há quatro séculos por um português que está às portas da canonização - já não era sem tempo - Frei Bartolomeu dos Mártires. Vem no seu Compêndio de Doutrina Espiritual e convida-–nos ao abandono dos nossos adereços: "A contemplação do homem peregrino é tanto mais perfeita e esplêndida quanto mais clara e puramente ela vê que aquela luz incriada e inteiramente incompreensível que é Deus, e se precavê à sua irradiação para o infinito".

Frei Bartolomeu dos Mártires foi um dos esquecidos pelos selecionadores de Santos. A sua figura reemerge no nosso tempo. É para nós um dever e uma honra venerá-lo nos altares e sentirmos que nos ajudou a perder o medo de Deus.
Padre António Rego opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)