Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo Fonte

Um exemplo de tarde piaste

Conforme os dicionários, ‘tarde piaste’ diz-se a alguém que chegou tarde ou interveio fora de horas num assunto.

Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 4 de Setembro de 2017 às 00:30
Conforme os dicionários, ‘tarde piaste’ diz-se a alguém que chegou tarde ou interveio fora de horas num assunto.

É dizer alguma coisa depois de passado o momento oportuno, dar uma explicação tardiamente, quando já não pode ter qualquer efeito sobre a situação.

A definição não é de agora, está provado não ter sido trabalhada a partir da intervenção de um antigo político que por estes dias voltou a ter palco e destilou veneno sobre o passado e presente, perante uma plateia hipnotizada com as suas palavras e um atual líder partidário deleitado por respirar o mesmo ar dessa histórica figura.

E como durante o seu consulado pouco piou, o professor aproveitou a aula - que até o obrigou a levantar às seis da matina, como precisou de vincar – para desabafar aquilo que lhe ia na alma, com remoques a torto e a direito, até a soarem a despeito pela popularidade de uma atual figura que, sim, é verdade, fala sobre tudo e mais alguma coisa, pouco dorme, está sempre presente e não falha uma catástrofe.

E lá continuou o antigo político a discorrer a sua cartilha, desta vez contra os governos que querem realizar a revolução socialista e que "acabam por perder o pio ou fingem que piam". Piu.
Paulo Fonte opinião
Ver comentários