Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Reginaldo Rodrigues de Almeida

Esta atração também é fatal

Sociedade Bit.

Reginaldo Rodrigues de Almeida 16 de Novembro de 2014 às 15:00

internet não é mais do que o espelho da realidade. Realidade que hoje, tal como em tempos mais recuados, promove comportamentos por vezes difíceis de compreender à luz da normatividade social vigente.

Os jovens em particular, desde sempre, numa espécie de ritual de afirmação, ou melhor, de diferenciação, face à carga psicológica diariamente sentida, prevalecem-se agora da "rede" para apelarem à diferença.

À diferença radical e estúpida, através de atividades que não acrescentam valor, antes mediocridade e, independentemente da radicalidade obtida, nada mais são do que estéreis exercícios de poder, ao abrigo de uma aparente e pseudonotoriedade junto dos que querem impressionar.

Pior do que um qualquer reality show, essas práticas filmadas que testam a resistência física até ao limite, podendo causar a própria morte e em centenas de casos já verificada, são autênticos jogos fatais que devem obrigar pais e professores, autoridades e investigadores a centrarem o tema na agenda política da sociedade.

Os deuses, não, mas os miúdos devem andar loucos…

Ver comentários