Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Ricardo Valadas

Liberdade e justiça

Sem liberdade há um forte desequilíbrio de toda a sociedade.

Ricardo Valadas 30 de Abril de 2017 às 00:30
Com as recentes comemorações do 25 de Abril de 1974, data da Revolução dos Cravos, muitos foram os discursos políticos e associativos que enalteceram e relembraram os valores da liberdade e da justiça.

São valores importantes e fulcrais para o cabal desenvolvimento, prosperidade e paz social de uma sociedade.

Se queremos desenvolvimento económico, social, científico e moral, temos, inevitavelmente, de manter bem presentes e permanentemente na nossa consciência, estes dois grandes conceitos: Justiça e Liberdade.

Sem Justiça não há liberdade e sem liberdade, obviamente, há um forte constrangimento e desequilíbrio de toda a sociedade e da expressão dos seus cidadãos.

Um País com uma Justiça forte e determinada nos valores da Liberdade e Segurança promoverá sempre um domínio para que a sociedade e os seus cidadãos cresçam focados em valores morais e sociais elevados.

No que concerne à Polícia Judiciária, os seus profissionais têm a perfeita consciência dos valores da Liberdade e da Justiça, conquistados em Abril de 1974, defendendo e protegendo esses mesmos valores, em cada momento do seu trabalho.
25 de Abril Polícia Judiciária Revolução dos Cravos Liberdade Segurança País Justiça política censura
Ver comentários