Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Rui Hortelão

Culpa deles ou nossa?

A aldrabice tem um infinito de motivações.

Rui Hortelão 19 de Outubro de 2015 às 00:30
Artur Baptista da Silva apresentava-se como coordenador de uma equipa da ONU nomeada pelo secretário-geral Ban Ki-moon para elaborar um relatório da crise na Europa do Sul. Os tempos difíceis que, em 2012, se viviam em Portugal favoreciam opiniões dramáticas – valeram-lhe convites para colóquios e palestras, daí até participar no ‘Expresso da Meia-Noite’, da SIC Notícias, foi um instante. Acabou desmascarado.

Já Wayne Simmons, 62 anos, apareceu na Fox News – um dos maiores grupos de comunicação do Mundo –, como ex-Diretor de Operações Especiais Paramilitares no Exterior da CIA, cargo ocupado entre 1973 e 2000. Após 13 anos – treze anos! – de comentários televisivos sobre segurança e terrorismo foi apanhado: afinal, não passava de um impostor.

Baptista da Silva e Simmons foram desmascarados. Mas não só mostraram que a aldrabice tem hoje um infinito de motivações, como assinalaram a urgência de os media adotarem mecanismos de controlo. E, já agora, também de nós, cidadãos, cultivarmos um sentido crítico sobre o que lemos, vemos e ouvimos.
Artur Baptista da Silva ONU Ban Ki-moon Portugal Expresso SIC Notícias Wayne Simmons Fox News CIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)