Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Rui Pereira

Eleições no GOL

A atividade da maçonaria não deve ser Rodeada de secretismo.

Rui Pereira 3 de Junho de 2017 às 00:30
A mais antiga organização maçónica portuguesa, o Grande Oriente Lusitano, vai eleger hoje o dirigente máximo (o "grão-mestre") e a sua equipa. Trata-se de uma eleição democrática, realizada por voto direto, secreto e universal, em que intervêm todos os "mestres" maçons e que sobretudo a eles diz respeito. Porém, vale a pena alargar a reflexão ao "mundo profano".

Esta afirmação não é incontroversa. Haverá maçons que acham que os "seus" assuntos apenas devem ser discutidos dentro de muros (pensam: quem anda à chuva molha-se). Todavia, reputo tal entendimento como um dos grandes responsáveis pelo clima de suspeita e desconfiança que recai, atualmente, sobre a maçonaria. O segredo só é lei obrigatória em tempos de ditadura.

É claro que a maçonaria tem todo o direito de manter o segredo sobre o rito (embora esse segredo passeie, agora, pela internet) e cada maçom tem o direito constitucional de revelar ou não a filiação, no exercício da sua liberdade de consciência. Contudo, nos Estados de direito democráticos, a organização e a atividade maçónicas não devem ser rodeadas de secretismo.

Das eleições do GOL espero, pois, que saia uma atitude de abertura à sociedade, seja qual for o vencedor. E espero que tal atitude se traduza, em primeiro lugar, numa ação consequente em defesa do património histórico da maçonaria (que, em Portugal, está ligado às lutas contra o absolutismo, à instauração da República e da Democracia e à criação do Estado social).

E espero, ainda, que o GOL assuma aquilo que o tornou respeitável no passado. Para tal, deve afirmar-se como organização de escol (mas não elitista), capaz de debater grandes temas filosóficos, lutar pelos direitos humanos (incluindo os direitos sociais) e contra todas as formas de discriminação e de dar provas, através de obras filantrópicas, da sua atitude solidária.
Rui Pereira opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)