Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

E tudo o fumo levou

Há alguns anos o programa humorístico 'Mad TV' fez uma sátira ao 'MTV Cribs', que mostra as mansões das estrelas musicais. Neste caso a anfitriã da casa, com lixo espalhado por todas as divisões, era Whitney Houston, interpretada por Debra Wilson com ar desmazelado e discurso incoerente, terminando o sketch a reconhecer que havia fumado a filha.

Leonardo Ralha 13 de Fevereiro de 2012 às 01:00

Muitos dos que ontem choraram a morte da intérprete de 'I Will Always Love You' riram-se então da sátira implacável a uma estrela cadente. Whitney era uma sombra da cantora que batera recordes de vendas e que pareceu capaz de triunfar em Hollywood.

Tudo o fumo do cachimbo de crack levou e passou os últimos anos de vida como alguém tolerada pela gerência por ser inofensiva. Assistimos a um desperdício de voz.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)