Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
9 de Janeiro de 2008 às 00:00
SIM
Os anteriores referendos provam que os portugueses não apreciam esta figura da democracia. Mas seria escandaloso se o Tratado não fosse referendado. Sócrates prometeu, tem de cumprir. Mesmo arriscando uma participação pequena. Ou até um ‘não’. Além do mais, seria uma forma – talvez a única – de sabermos o que é e para que serve o Tratado.
Paulo João Santos, Editor de Fecho
NÃO
A realização de referendo sobre um assunto que suscita tantas perguntas e dúvidas por parte da população só serviria, neste momento, para aumentar a confusão em torno daquilo que será a Europa dentro de alguns anos, já com o Tratado de Lisboa em vigor. E normalmente ninguém decide bem, quando não sabe no que vota.
Pedro G. Neves, Editor de Cultura
Ver comentários