Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

Monarquia I

É tempo de fazermos o debate do que já terá sido resolvido pela História.

Magalhães e Silva 14 de Agosto de 2009 às 00:30

Os apontamentos das próximas três semanas são de homenagem a um grande, querido amigo, de quem fui, também, até finais de Maio de 74, compagnon de route – Henrique Barrilaro Ruas, intelectual de primeiríssima água e o mais íntegro homem político que me foi dado conhecer.

E tudo isto a propósito de um hastear de bandeira, de que já foi dito tudo – de bem e de mal.

Acontece é que, como logo se viu, este facto convocou, queiramos ou não, a questão do regime – monarquia ou república? Tema, ora enroupado no reaccionarismo de muitos monárquicos, ora tratado, do lado republicano, incluindo a esquerda de que faço parte, com um simplismo insuportavelmente sobranceiro, merece ser olhado, no mínimo, com alguma objectividade.

Até para que possa fazer--se, finalmente, com a genuinidade que este tempo histórico propicia, o debate que o calor da I República impediu e que os compromissos da Causa Monárquica com o salazarismo tornaram indecoroso. Sobretudo agora, que a questão parece resolvida pela História.

E o tema é simples – chefe de Estado por se ser filho de seu pai ou por outra forma de designação, incluindo, naturalmente, o sufrágio universal?

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)