Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8

O Governo corrige a rota

Quanto mais rápida for a aplicação das coimas, melhor.
Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 26 de Junho de 2020 às 00:33
O combate à pandemia segue o método da tentativa e erro. Isso está a revelar-se uma prática gravosa para o País, e nalguns casos sem qualquer atenuante. Apesar dos múltiplos alertas, os abusos que se multiplicaram depois do confinamento foram censurados apenas no plano da ética e do dever moral. Esta reação Covid-soft abriu o flanco a todo o tipo de comportamentos de risco.

Só agora, mais de um mês depois, o tiro é corrigido com recurso a uma estratégia necessariamente mais musculada, que passa por contraordenações pesadas. Quanto mais rápida e generalizada for a sua aplicação no terreno mais eficaz se irá revelar na dissuasão de festas ilegais, ajuntamentos e recusas de utilização de máscaras em locais fechados, por exemplo.

O tempo que se perdeu desgastou a imagem que Portugal tinha construído. Por isso, seria bom que outros alertas relevantes não fossem, desta vez, ignorados.

Os transportes continuam cheios. Os aeroportos continuam sem controlo eficaz. Há manifestações e eventos públicos que simplesmente não deviam acontecer.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)