Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Assembleia da República aprova Estado de Emergência para combater coronavírus

Votação foi feita esta quarta-feira após Marcelo Rebelo de Sousa apresentar decreto.
Correio da Manhã 18 de Março de 2020 às 17:29
Assembleia da República
António Costa
Assembleia da República
Assembleia da República
António Costa
Assembleia da República
Assembleia da República
António Costa
Assembleia da República
A Assembleia da República aprovou esta quarta-feira o estado de emergência proposto por Marcelo Rebelo de Sousa para combater a pandemia de coronavírus em Portugal. 

O decreto teve parecer favorável do primeiro-ministro, António Costa, ao início desta tarde. 

Durante o plenário, vários deputados manifestaram o seu parecer sobre esta proposta que entretanto já foi aprovada. Rui Rio, presidente do PSD foi um desses nomes. 

"Conte com a colaboração do PSD, porque a sua sorte é a nossa sorte", Rui Rio colocou-se ao dispor do primeiro-ministro, António Costa, sublinhando a união necessária deste momento. Foi de seguida aplaudido pelo plenário que decidiu o decreto apresentado por Marcelo Rebelo de Sousa.

O momento é de colaboração entre partidos com o único fim de combater o surto e controlar, o máximo possível, os efeitos que esta luta deverá ter na economia portuguesa. 

"Não podemos dar tréguas à epidemia mas temos de controlar os efeitos desse combate", foi assim que a deputada Ana Catarina Mendes, do grupo parlamentar do PS, classificou a luta que o país enfrenta sublinhando que apesar de tudo é a saúde que agora importa.

Ana Catarina Mendes sublinhou a importância da decisão que há a tomar e que esta não será tomada de ânimo leve. Que este medida implicará efeitos na economia e consequentemente uma crise e que é importante salvaguardar, tanto quanto possível, os empregos e meios de rendimento dos portugueses.

Ana Catarina Martins, do Bloco de Esquerda, por sua vez começou o seu discurso de forma atribulada. A deputada começou a tossir e com alguma dificuldade em falar, um facto que rapidamente explicou: "Engasguei-me, não tenho nenhum sintoma de absolutamente nada ou não estaria aqui". A deputada começou então a sublinhar as "longas semanas ou meses para continuar a dar uma resposta a todos os que precisam de cuidado" tendo apontado para os mais frágeis nesta altura.

A deputada defendeu ainda que Espanha deu um pacote financeiro mais amplo para combater esta crise: "É preciso ajudar a economia e criar pacotes de apoio e financiamento que mantenham a produção e o emprego".

"Será com responsabilidade, democracia e solidariedade que ultrapassaremos esta crise", concluiu a bloquista.
António Costa Assembleia da República Ana Catarina Mendes PS política orçamento do estado e impostos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)