Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Bloco de Esquerda volta a ter mais de 300 mil votos

A coordenadora do BE, Catarina Martins, mostrou "orgulho" na campanha, sem "agências de comunicação".
Cláudio Carvalho 27 de Maio de 2019 às 01:30
Marisa Matias
Marisa Matias
Marisa Matias
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
Marisa Matias
Marisa Matias
Marisa Matias
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
Marisa Matias
Marisa Matias
Marisa Matias
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
"Cumprimos todos os objetivos que traçámos". Foi desta forma que Marisa Matias, cabeça-de-lista do BE, exprimiu os sentimentos dos bloquistas, ao conseguirem eleger dois deputados, mais um do que em 2014, e a conseguiram mais do dobro dos votos de há cinco anos.

O BE voltou a ter mais de 300 mil votos, tal como aconteceu há dez anos, quando obteve uns históricos 10,73% (382011 votos) e três eleitos.

A eurodeputada, que vai para o terceiro mandato consecutivo – desta vez na companhia de José Gusmão– subiu ao palanque às 21h34 e começou por assinalar que o BE "afirma-se como a terceira força política em Portugal e reforça a sua presença no Parlamento Europeu".

"Vamos usar cada um dos votos para respondermos à emergência climática, para defendermos os serviços públicos, as pensões, para garantir que os problemas concretos das pessoas estarão no centro do nosso trabalho", garantiu, perante os aplausos dos militantes presentes no Teatro Thalia.

Depois do discurso, Marisa Matias continuou na sala a distribuir beijos e abraços pelos apoiantes.

A coordenadora do BE, Catarina Martins, discursou às 22h44. Mostrou "orgulho" na campanha, sem "agências de comunicação".

Sobre a presença do BE na Europa, frisou que "é preciso quem defenda o salário, a pensão, o estado social, a dignidade de quem vive do seu trabalho, e quem responda ao maior desafio, a emergência climática".

"Melhorar a vida de quem aqui vive"
A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, não conseguiu esconder a satisfação com os resultados da noite eleitoral e frisou que "cada voto vai ser usado para melhorar a vida de quem aqui vive".

Ricardo Robles entre os militantes no Teatro Thalia
Entre os militantes que marcaram presença no Teatro Thalia estavam Mariana e Joana Mortágua, Luís Fazenda, Jorge Falcato e Ricardo Robles, ex-vereador da Câmara de Lisboa, que tem estado afastado das ações do partido.

Já Marisa Matias e Catarina Martins chegaram de forma discreta pelas 19h30 e ficaram a acompanhar os resultados numa sala reservada.

CRONOLOGIA DO DIA
09h30
Marisa Matias votou na Escola Secundária Avelar Brotero, em Coimbra, acompanhada por José Manuel Pureza, deputado e dirigente do BE.

10h00
A coordenadora do BE, Catarina Martins, votou na Escola Secundária Almeida Garrett, em Vila Nova de Gaia.

20h12
O dirigente do BE Jorge Costa foi o primeiro a reagir aos resultados das projeções, no Teatro Thalia, em Lisboa, perante uma sala cheia e entusiástica.


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)