Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Câmara de Lisboa rejeita testes obrigatórios ao coronavírus para quem chega a Portugal

Moção do CDS-PP pedia a testagem obrigatória nas fronteiras aéreas e marítimas.
Lusa 9 de Julho de 2020 às 15:46
Fernando Medina
Fernando Medina
A Câmara de Lisboa rejeitou esta quinta-feira uma moção do CDS-PP, que pedia a testagem obrigatória para os passageiros que cheguem a Portugal por fronteiras aéreas ou marítimas, no âmbito da pandemia do coronavírus.

O documento, apreciado em reunião privada do executivo municipal, teve os votos contra dos socialistas e do BE - que têm um acordo de governação da cidade -, a abstenção do PCP e os votos favoráveis do CDS-PP e PSD. 

Os centristas destacam na moção que, atualmente, Portugal "é o segundo país da União Europeia mais Reino Unido a registar o maior número de novos casos de infeção por covid-19 por milhão de habitantes".

Defendem, por isso, que "a medição de temperatura corporal" em vigor no aeroporto da capital "é uma medida básica que não permite identificar casos assintomáticos" e "aplicada em qualquer empresa, estabelecimento comercial ou edifício público".

"Por absurdo, pode admitir-se que os edifícios da Câmara Municipal de Lisboa são tão seguros quanto o Aeroporto de Lisboa: em ambos os casos, apenas é verificada a temperatura a quem chega", lê-se no texto. 

Na ótica do CDS-PP, maior partido da oposição na autarquia, são precisas "medidas de prevenção mais robustas nos aeroportos e portos portugueses", num momento em que a situação do país é "particularmente preocupante na região de Lisboa e Vale do Tejo", e em que há "necessidade de se reativarem setores-chave da economia nacional, como o turismo, que representa cerca de 15% do PIB".

Os centristas pretendiam que os viajantes apresentassem um teste de despistagem do coronavírus com resultado negativo obtido no país de origem nas 72 horas anteriores à viagem, ou que o teste se realizasse à chegada a Portugal.

O país regista esta quinta-feira mais 13 óbitos por covid-19, em relação ao dia anterior, e mais 418 casos de infeção confirmados, dos quais 328 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por coronavírus, desde o início da pandemia, é agora de 1.644 e o total de casos confirmados é de 45.277

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Aeroporto de Lisboa Portugal Câmara Municipal de Lisboa Vale do Tejo política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)