Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Costa defende que países da União Europeia devem sair da crise "todos juntos"

Primeiro-ministro frisou que a única via é uma "resposta global".
Lusa 8 de Julho de 2020 às 16:12
António Costa
António Costa FOTO: Lusa
O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, deixou esta quarta-feira um aviso aos parceiros europeus sobre o caminho a seguir na recuperação da pandemia de covid-19, frisando que a única via é uma "resposta global".

"Ninguém da Europa sairá desta crise se não sairmos todos em conjunto. Muitos dizem que se trata de discutir a solidariedade, mas não. É algo puramente racional: todos vivemos e dependemos do mercado interno, que interessa a todos, desde os mais aos menos atingidos. Ou saímos todos juntos ou perecemos todos juntos", sublinhou o primeiro ministro português.

Numa mensagem de vídeo enviada à cimeira global da OIT (Organização Internacional do Trabalho) dedicada ao tema "Covid-19 e o mundo do trabalho", o primeiro-ministro reforçou a importância de ter uma União Europeia (UE) "forte" e capaz de percorrer este caminho.

António Costa União Europeia política economia negócios e finanças diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)